quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Ficar nu é pecado??

O último vídeo do canal causou um pouco de polêmica e entre tantos comentários, teve um que merece destaque, feito pelo nosso amigo naturista, Zezinho, segue o texto:

O que é um pecado? Segundo dicionário, pecado é: 1. violação de um preceito religioso./ 2 p.ext. desobediência a qualquer norma ou preceito; falta, erro. 
Veja que os mesmo livros ( ditos como sagrados) falam do pecado, é o mesmo que nos diz que, foi Deus o criador de tudo que há na terra. Se ele é o criador de tudo, vamos estudar, porque existe as roupas, e porque nascemos nus. Poderia eu voltar no tempo e pensar como eram e se vestiam meus ancestrais, mas, vou apenas me pegar em tempos mais recentes. Conta a história do Brasil, que quando os portugueses chegaram a esta terra, já havia uma população que a habitava a milhares de anos, deram o nome de índios. Na Bahia, no Rio de Janeiro, em São Paulo, etç., consta que os índios viviam nus, homens, mulheres, crianças. 


 Se observarmos, veremos que nesta mesma época, lá no Peru, os índios usavam uma espécie de roupas, feitas de coro, lã etç. Se o tempo é o mesmo, e ambos são índios, por que um tinha vestimenta e outros não?


Simples, aqui no Brasil a temperatura era em média era de 30 a 40 graus positivos, enquanto lá no peru a temperatura era de 0 a 15 graus em médias. Obviamente eles precisavam proteger a pele, o corpo do frio, enquanto aqui não. O mesmo acontece com os povos do Oriente médio, que tinha constante chuva de areias dos desertos, de dia calor escaldante, a noite gelado. Por isso aquelas vestimenta se fazia necessário. Então, com a chegada de povos de outras regiões, veio com eles a necessidade das roupas (hábitos e costumes) assim como sua cultura e forma de domínio de massa. Acredito eu, que os índios que viviam nus, eram mais saudáveis que os que viviam vestido, porque a natureza é quem determina tudo que é vivo na terra. Então talvez, você pode estar me perguntando, e o pecado? A roupa que vestimos, é natureza morta, nosso corpo é natureza viva! E neste exato momento, milhares de células no nosso corpo estão morrendo, e outras tantas nascendo, pois somos natureza viva. E se Deus é o criador de tudo (segundo as religiões) é criador também do corpo humano (homens e mulheres), estaríamos subestimando a inteligência de Deus ir contra sua própria criação. Pois nem nós fazemos isso, que somos cheio de falhas. O que precisamos aprender, é respeitar, amar tudo que foi criado, de uma pequena árvore, ao corpo humano. Amar nosso corpo como ele é, independente do padrão de beleza. Pois para um Naturista a beleza do seu semelhante esta na sua capacidade de conviver com outros, no seu caráter, na sua idoneidade seja nu ou vestido. Não atrelando a nudez do corpo com o sexo, ou a pratica do mesmo, já que somos mais evoluído que os índios, citado acima, eles não viam como objeto erótico o corpo nu. 
AMAR A NATUREZA, RESPEITA-LA, TRATAR UNS AOS OUTROS COM AMABILIDADE E CARINHO, SÓ TRAZ BENEFÍCIO AO CORPO, E A QUALIDADE DE VIDA DO SER HUMANO. 
Escrito por: Zézinho da Silva


2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns! O texto é muito limpo. Se o pecado é infringir os preceitos religiosos, então é específico dos dogmas de cada crença. Abstraindo qualquer uma delas somos livres, nascemos livres e morreremos livres. Livres de tudo que for material, religioso ou cultural . Então sejamos fieis às nossas convicções e que cada um seja fiel à sua. Definitivamente "NATURISMO NÃO É PECADO" !

    ResponderExcluir

Naturismo em Rio Grande do Norte.

Nasce mais um grupo naturista, NU-RN (Naturistas Unidos do Rio Grande do Norte), onde já estão pensando em criar a primeira praia naturista...