segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Ter marquinha de biquíni me torna menos naturista?!

Tenho visto muita gente comentando nos meus vídeos e fotos sobre minha marquinha de biquíni, e meio que se perguntando o porque de eu tê-la, visto que sou uma naturista. Então, sou naturista sim, mas não deixarei de frequentar uma praia têxtil por isso, enquanto no Brasil ainda for obrigatório um ou outro, será assim. Graças a Deus moro no litoral, o tempo de distância da minha casa pra praia é de 10 à 15min, um calor de 40º, acha mesmo que ficarei em casa, claro que não. rsrsrs...
Mas confesso que a marquinha de biquíni não mais me cativa, já a tive muito forte como podem observar na primeira foto abaixo, porém na segunda, já não tá mais assim. Antes eu até achava bonitinhas essas marquinhas, mas depois que eu vi meu corpo todo por igual, da mesma cor, me apaixonei, é simplesmente lindo, não falo isso com pretensão, mas como num todo, o corpo humano sem marcas de roupa de banho é muito bonito e digo, é quase que somente com o naturismo que se consegue essa cor homogênea.

Há 10 anos atrás com uma marca fortíssima de biquíni.
  

             Um tempo após o naturismo a marca já é quase despercebida.

Sabe aquela liberdade de não ter que toda hora estar preocupada se o biquíni está no lugar certo da marca ou não, é muito boa. Mas ter a marca não me torna menos naturista do que uma mulher sem marca, pois o naturismo é uma questão de ser, de se sentir bem consigo mesmo, se amar e respeitar como és. Antes do naturismo eu era, vulgarmente falando, uma tapada em relação ao meu corpo, sempre querendo a "perfeição", o abdômen trincado pro verão, o bumbum durinho, a perna sem celulite e assim ia, me privando de vários prazeres da vida para conseguir alcançar esse objetivo e quando alcancei, o que ganhei?! nada rsrs..., é legal sim se olhar no espelho e gostar do que vê, mas digo com toda convicção que gosto muito mais do que vejo hoje, com uma camada confortável de gordurinha na barriga, alguns furinhos de celulite na perna e até o bumbum não tão mais durinho como era, mas ainda assim, prefiro o agora, onde a neurose não mais faz parte da minha vida e essa segurança com o meu corpo só adquiri após o naturismo. Não digo pra parar de se cuidar, eu ainda me cuido sim, vou a academia, não extrapolo na alimentação, etc., mas nada ao extremo, somente o necessário. 
Com o naturismo descartamos o "culto ao corpo" que nos enfiam pela garganta desde criança, aprendemos a nos entender, a olhar no espelho e não procurar defeitos e sim, apreciar o que somos, o que Deus nos presenteou, independente da forma, do tamanho e da cor.

"Vem pro nosso mundo você também."

5 comentários:

  1. oa Tarde Nanda !! Me chamoValmir tenho 48 anos(sou naturista de Lagoa da Prata Minas Gerais) e estou nos primeiros passos no naturismo e concordo com tudo que você disse e concordo com o amigo acima disse, a sociedade brasileira precisa evoluir assim como os naturistas brasileiros.
    E vc Nanda, porque não aparece sem tarjas ou poses estratégicas ?! E não adianta dizer que pra falar de naturismo não precisa necessariamente tirar a roupa. Para alguém que busca uma aproximação maior das pessoas com o naturismo uma figura como vc, articulada e com uma postura digna se faria necessário para mostrar essa filosofia.
    Adoro seu blog e o canal no Youtube.
    Beijo no coração !!!Parabéns pelo blog, e pelo site e perfil no facebook, boa noite! beijos e um forte abraço.

    ResponderExcluir
  2. Nanda, este blog tem censura também, como no Youtube?? Por que as fotos naturistas restritas? Não basta por aviso sobre nudez no blog e pronto?

    ResponderExcluir
  3. Por que não mostrou os mamilos na foto?

    ResponderExcluir
  4. Nanda ,te acompanhava no yutube,agora seu novo blog,eu aplendi muito com suas dicas,em abril conheci apraia do pinho,gostei da experiencia me trataram muito bem ,estou engatinhando no naturismo gostei do estilo de vida.

    ResponderExcluir

Naturismo em Rio Grande do Norte.

Nasce mais um grupo naturista, NU-RN (Naturistas Unidos do Rio Grande do Norte), onde já estão pensando em criar a primeira praia naturista...